Foto: Eduardo Moura

O futuro está aberto. Jael espera uma definição da direção do Grêmio para saber se ficará na Arena na próxima temporada. Porém, se depender do centroavante, a intenção é seguir no clube gaúcho depois de disputar a final do Mundial de Clubes em Abu Dhabi, no qual o clube foi derrotado pelo Real Madrid.

Alternativa a Lucas Barrios, o jogador de 29 anos aguarda uma posição das conversas entre seu representante e o departamento de futebol tricolor. Se for o desejo dos gaúchos, Jael seguirá e terá o objetivo realizado.

– Reconheço que não tive um ano bom. Não sei o que ocorrerá, mas parece que já começaram a falar. Eu tenho muito interesse em permanecer – disse o centroavante na zona mista do estádio Zayed Sports City, nos Emirados Árabes.

O camisa 9 afirmou que já foi procurado por outras equipes. No entanto, reiterou que não pretende ir embora. E, mesmo que não tenha balançado as redes nas 19 oportunidades recebidas ao longo de 2017, promete que o futebol apresentado nas últimas partidas se repetirá, caso siga na Arena. Ele se destacou no primeiro jogo da final da Libertadores contra o Lanús, ao dar a assistência para Cícero marcar o gol da vitória por 1 a 0. Inclusive, alguns torcedores pediam sua presença no lugar do titular Lucas Barrios.

– Tenho (outras situações), mas quero ficar. A prioridade é do Grêmio. A torcida pode esperar o Jael do final do ano – declarou.

Ainda com o futuro de Jael sob análise, o Grêmio termina o ano como vice-campeão do Mundial de Clubes. O time agora sai de férias, e o retorno a Porto Alegre ocorre no início da tarde de segunda-feira. Em 18 de janeiro, o time de Renato Gaúcho inicia a disputa do Gauchão, quando enfrenta o São Luiz, no 19 de Outubro, em Ijuí.



Veja também