Zé Roberto completa 38 anos e agradece à sua genética

6 de julho de 2012 - Às 13:42

Jogador experiente e contratado pelo Grêmio para fazer a diferença no meio campo, Zé Roberto, querendo logo se adaptar ao futebol brasileiro, comemora hoje, seu 38º aniversário. O jogador surpreende pelo seu físico e técnica ainda nesta idade, agradecendo a genética.


– Não imaginava jogar aos 38. Tive um início de carreira difícil, mas me superei. Cheguei muito longe. Só grato às oportunidades recebidas e à minha genética. Pessoal me chama de gato ao contrário (referência à expressão usada para adulteração de idade no futebol), mas não tem nada disso não. Sou assim mesmo. Agora, se você (repórter) não lembra, iria passar batido – disse o camisa 10 aos risos.
Zé Roberto relembrou seu objetivo no Grêmio: conquistar títulos.
– Vim para o Grêmio, pois é um clube grande. Passa por um jejum (11 anos desde a Copa do Brasil de 2001), mas dará um salto com o novo estádio e o centro de treinamento. Ficará entre os três clubes com melhor estrutura. Títulos? Trabalhamos para isso. Os jogadores estão cientes que precisam mudar a postura, ter ambição e não aceitar qualquer adversidade.


Veja também