O time do Grêmio na atual era Felipão começa por Alisson, responsável por contribuir em mais da metade dos pontos conquistados no Brasileirão. Na última quarta-feira, foram dele os dois gols que garantiram o empate em 2 a 2 com o Cuiabá, na Arena.

Os números provam que Alisson virou o xodó de Scolari. Quando relacionado, sempre foi titular com o técnico. A única ausência ocorreu justamente por preservação, na derrota de 2 a 0 para o Flamengo, na eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil.

Alisson era inclusive uma das dúvidas para a partida diante do Cuiabá. Mas, firme como tem sido, Felipão optou por manter o atacante e sacar Ferreira do time para propor a entrada de Campaz. Ainda que no intervalo o técnico tenha colocado o camisa 11 no lugar do colombiano.

Alisson desabafa com a torcida após marcar contra o Cuiabá — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Alisson desabafa com a torcida após marcar contra o Cuiabá — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na temporada, Alisson já disputou 28 jogos, apenas dois vindo do banco de reservas. Felipão chegou em julho e comandou o Grêmio 20 vezes. Destas, Alisson foi titular em 19, atuando 1.499 minutos (83,2% do total possível). Dos quatro gols marcados até agora, três vieram sob o comando de Scolari. Das três assistências, duas ocorreram com o novo técnico.

Fator Alisson

  • Titular em 19 jogos de Felipão
  • Atuou em 83,2% dos minutos possíveis
  • Envolvido em 13 dos 23 pontos no Brasileirão

Metade dos pontos com Alisson

Uma estatística chama atenção a favor de Alisson. O atacante esteve envolvido em 13 dos 23 pontos do Grêmio no Brasileirão, ou seja, 56,5% do total. Isso, claro, considerando participação direta com gols, assistências e pênaltis.

A começar pela vitória por 1 a 0 diante do Fluminense, a primeira do time na competição, quando Alisson sofreu pênalti convertido por Pinares.

Na vitória de virada por 2 a 1 contra a Chapecoense, o atacante marcou o gol de empate e depois cruzou para Borja sofrer pênalti e acertar a cobrança. No triunfo por 1 a 0 sobre o Cuiabá, sofreu outro pênalti, também convertido pelo centroavante.

Nos 2 a 0 em cima do Ceará, Alisson deu assistência para Diego Souza. Por fim, o empate em 2 a 2 com o Cuiabá, com direito a dois gols do atacante que evitaram a derrota.

Agora, se encaminha para mais uma titularidade no jogo contra o Santos, no domingo, pela 25ª rodada do Brasileirão. Fica a expectativa se estará envolvido em algum ponto que possa ajudar o Tricolor na luta contra o rebaixamento.



Veja também