Jefferson Botega / Agencia RBS

Com o final da partida diante do Pelotas, na vitória deste domingo (8) no Estádio da Boca do Loba, o assunto “Gre-Nal na Libertadores” já começa a ser planejado por Renato Portaluppi. Sem fugir da pergunta, o treinador demostrou respeito ao Inter e exaltou a maior rivalidade da região sul do Brasil.

— Fui o primeiro a torcer pelo Inter, falei para vocês. Isso é bom pro futebol brasileiro, gaúcho, para imprensa, para as torcidas. Os dois estrearam bem na fase de grupos. Sabemos da rivalidade e o quanto é importante disputar uma competição dessas — afirmou em coletiva de imprensa, após o 1 a 0 em Pelotas.

Apesar de saber da importância local do clássico, o treinador minimizou o jogo da próxima quinta-feira (12). Afirmou que não é um confronto decisivo e revelou sua torcida para que o Colorado avance na Libertadores.

— Temos mais alguns adversários e o objetivo é classificar. Não vamos classificar neste Gre-Nal. O jogo é bonito, casa cheia, ganha todo mundo com isso. Uma hora a gente vai se encontrar de novo, faz parte. Ganha todo mundo. Vou torcer para que os dois, Grêmio e Inter, passarem para a próxima fase. Temos de torcer para o que é nosso —finalizou o assunto.

O Gre-Nal 424, inédito na competição continental, está marcado para as 21h desta quinta-feira, na Arena. O clássico é válido pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.



Veja também