Como será o Grêmio sem Everton? A pergunta causava dúvida nos tricolores. Afinal, o time perdia o melhor jogador e precisava manter o padrão para as disputas do Gauchão e Brasileirão.

Pois bem. Se a média de gols está bem abaixo do final da “Era Cebolinha”, os homens de frente mostram seu protagonismo. Os atacantes são responsáveis por 83% dos gols marcados após a saída do ex-camisa 11 para o Benfica.

A despedida de Everton do Grêmio ocorreu na vitória por 2 a 0 sobre o Inter, na final do segundo turno do Gauchão. Desde então, o time disputou sete partidas. Marcou apenas seis gols, é verdade. Uma média de menos de um por jogo. Entretanto, cinco deles saíram com os atacantes.

No empate em 1 a 1 com o Flamengo, já pelo Brasileirão, o gol gremista foi marcado por Pepê. O substituto de Everton também abriu o placar no jogo de ida da final do Gauchão, na vitória por 2 a 0 sobre o Caxias.

Diego Souza e Everton marcaram na final contra o Caxias — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Diego Souza e Everton marcaram na final contra o Caxias — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

O segundo gol no Centenário foi anotado pelo xará do Cebolinha, em uma pintura que lhe rendeu o Prêmio Bucha 2020. Na decisão, apesar da derrota por 2 a 1, o gol que deu o título saiu com o artilheiro Diego Souza.

O hoje centroavante, em seu retorno ao Grêmio, se consolida como estrela do time. É o goleador na temporada com 10 gols e terminou o estadual como artilheiro, quando balançou as redes em nove oportunidades.

– É um problema que temos convivido, até na Seleção, do camisa 9. Falei com o presidente em trazer o Diego Souza e ele disse que pensava a mesma coisa. Falei com alguns líderes do grupo e decidimos ir atrás. Sabíamos que daria certo. Com todas as condições de trabalho, uma equipe bem montada, todos esses fatores o favoreceriam. Está aí, é um dos lideres do grupo e tem feito gols – elogia Renato.

Apesar da fase de Diego Souza, a direção trabalha para aumentar as opções do treinador. Everton já foi contratado em uma troca por Luciano com o São Paulo. Luiz Fernando chegou por empréstimo do Botafogo. O Grêmio ainda vasculha o mercado por mais uma alternativa.

Gols do Grêmio

com Evertonapós a saída de Everton
Jogos157
Gols246
Média de gols por jogo1,60,85

– Sempre que troco uma ideia com a diretoria do clube, quando puderem nos dar um reforço, eles atenderão. Buscamos o melhor para o clube, mais jogadores, se possível. Quanto mais forte nosso grupo estiver, mais brigaremos por títulos. O importante é que pensamos aqui dentro. Procuramos fazer tudo em silêncio. Daqui a pouco teremos uma novidade – assegura o treinador.https://79399d555a0a0555bc849f6ad94654c7.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O time principal do Grêmio disputou 24 partidas e marcou 33 gols na temporada, o que representa uma média de 1,37 por jogo (o duelo da Recopa Gaúcha foi disputado pela equipe de transição, comandada por Tiago Gomes). Com Cebolinha em campo, os números crescem. Foram 24 gols em 15 jogos, o que dá uma média de 1,6 por partida.

Enquanto o novo centroavante não desembarca na Arena, Renato trabalha para encontrar soluções e aprimorar a pontaria. Na quinta-feira, o Grêmio enfrenta Sport às 19h, na Arena, pela 7ª rodada do Brasileirão. O Tricolor está em 12º com sete pontos.



Veja também