O Grêmio informou, na tarde desta quarta-feira, que afastou outros dois jogadores do grupo no Equador. O lateral-direito Victor Ferraz e o zagueiro Emanuel apresentaram sintomas da Covid-19 e, mesmo com testes negativos, retornarão a Porto Alegre.

Os dois se juntam a Paulo Victor e Vanderson em um voo sanitário fretado pelo clube. Os quatro atletas, dois positivados e dois com sintomas, deixaram Quito por volta 16h no horário de Brasília.

Ferraz e Emanuel apresentaram sintomas como dores musculares, cefaleia e dores de garganta e retornarão ao Brasil por orientação do departamento médico. Realizaram três exames RT-PCR e dois antígeno, todos com resultados negativos.

Victor Ferraz em chegada do Grêmio a Passo Fundo para jogo do Gauchão — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Victor Ferraz em chegada do Grêmio a Passo Fundo para jogo do Gauchão — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Um terceiro jogador, cujo nome o Grêmio não divulgou, testou negativo na saída de Porto Alegre, depois positivo e voltou a ter resultado negativo, estes últimos em testes feitos em Quito. O atleta já havia tido a doença e por isso havia resquícios do vírus inativo.

Está liberado pela Conmebol para a integrar a delegação. Essa informação foi divulgada por GaúchaZH e confirmada pelo ge.

Além de Vanderson e PV, a lista de casos no clube nas últimas semanas ainda tem o técnico Renato Portaluppi, confirmado na última segunda, o preparador físico Reverson Pimentel e o zagueiro Paulo Miranda.



Veja também