A delegação do Grêmio deixou Goiânia na manhã desta segunda-feira e iniciou o retorno a Porto Alegre, após o empate em 0 a 0 com o Vila Nova, pela 9ª rodada da Série B. Na chegada à capital, uma reunião vai discutir o futuro do técnico Roger Machado no comando da equipe.

A informação do encontro com o técnico foi divulgada pelo vice de futebol Denis Abrahão na saída para o aeroporto. A ideia é entender os motivos para o momento ruim do time. O dirigente chegou a falar em fazer “terapia de grupo” após mais um insucesso na competição.

O Tricolor fechou o mês de maio sem vencer na Série B, com três empates e uma derrota em quatro jogos. Os resultados e o rendimento do time em campo, incapaz de se impor contra adversários de menor poderio, aumentam a pressão sobre o trabalho do treinador. O próprio técnico reconheceu isso.

– É a premissa do futebol, é vencer. E quando não vence, com o passar dos maus resultados, quando vem com momento de instabilidade, obviamente que aumenta (a pressão). Mas faz parte. Só tem a pressão nesta magnitude porque estamos defendendo uma camisa com esse peso – reconheceu Roger.

No Serra Dourada, a torcida gremista deixou clara sua insatisfação e em alguns momentos gritou o nome de Renato Portaluppi. Questionado sobre o assunto na entrevista coletiva, Denis Abrahão também afirmou que foi xingado durante quase o jogo todo por torcedores próximos ao camarote reservado ao Grêmio.

– Escutei a torcida berrando o Renato, assim como escutei um torcedor que passou o jogo inteiro gritando termos de baixo calão. Faz parte. É momento, o torcedor quer ganhar.

O futuro de Roger Machado e possíveis trocas no departamento de futebol também devem ser tema de uma reunião do presidente Romildo Bolzan com os integrantes do Conselho de Administração. O encontro costuma ocorrer tradicionalmente às segundas-feiras.

Roger Machado lamentou o empate por 0 a 0 com o Vila Nova pela 9ª rodada da série B — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Roger Machado lamentou o empate por 0 a 0 com o Vila Nova pela 9ª rodada da série B — Foto: Lucas Uebel/Grêmio



Veja também