Vice de futebol do Grêmio não garante renovação com Renato, mas diz que é o seu desejo

Vínculo deve se estender por mais um ano sem grandes problemas, porém negociação ainda não teria começado segundo Duda Kroeff

8 de novembro de 2019 - Às 05:53
Marco Favero / Agencia RBS

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Duda Kroeff, disse que a renovação do contrato com o técnico Renato Portaluppi ainda não está garantida, mas que permanência é a opção preferida do dirigente. Ele concedeu coletiva após a vitória por 2 a 1 sobre o CSA, na Arena, na noite desta quinta-feira (7). Kroeff elogiou Portaluppi e lembrou que era o presidente em 2010, quando o treinador foi contratado pela primeira vez como comandante do Tricolor.

— Fui o primeiro presidente a trazer o Renato para o Grêmio, e tenho orgulho disso. Acho ele um excelente treinador e quero que ele fique — comentou.

A vitória em casa pelo Brasileirão colocou a equipe no G-4 pela primeira vez no ano. Sobre negociação em andamento, Kroeff desconversou. Disse que ouviu rumores de que o técnico e o presidente Romildo Bolzan Jr. já estariam conversando sobre a renovação, mas que não tem certeza.

— Não está garantida. Ainda tem de haver conversa, tem de haver acerto. A vontade que a gente tem é de que o Renato fique — reforçou.

Em todos os anos que comandou o Tricolor, Renato classificou o time para a Libertadores do ano seguinte. Em caso de saída de Portaluppi do Grêmio, Kroeff não acredita que o substituto sofreria alguma pressão, ou que a mudança pudesse vir a ser traumática. O dirigente reconhece que não seria uma boa troca, mas cogita um lado positivo, dependendo de para onde fosse o técnico:

— Seria uma perda. Mas o futuro a gente nunca sabe. E se o Renato for o treinador da Seleção, por exemplo? Não seria um trauma, seria um orgulho.



Veja também