LUCAS UEBEL / Grêmio / Divulgação

Após o empate em 1 a 1 com o CSA, na noite desta quinta-feira (23), pela Série B, o vice de futebol Denis Abrahão voltou a falar sobre a busca de reforços visando à sequência da temporada do Grêmio.

Depois de acertar as contratações do volante Lucas Leiva e do atacante Guilherme, além de assegurar o retorno do meio-campista Thaciano, o dirigente afirmou que o clube planeja acertar a chegada de mais dois atletas.

— O dirigente do Grêmio tem de ser proativo. Essa é a minha obrigação como vice-presidente de futebol. É trazer alternativas para o treinador. Estou em busca delas. Três jogadores já estão contratados. Nós estamos atrás de mais dois jogadores — afirmou, citando a questão da lateral direita:

— Pode ser um lateral-direito, sim. O Grêmio não pode improvisar na lateral. Estamos improvisando um menino da base. O Edílson, infelizmente, teve uma lesão muscular. Ficará de quatro a seis semanas fora. Não posso correr esse risco.

Sobre o resultado conquistado em Maceió, Denis Abrahão lamentou a perda de dois pontos, mesmo que a equipe do técnico Roger Machado tenha melhorado a produção na etapa final.

— Depois de estar perdendo, quando se empata, tu ganhas um ponto. Horroroso seria perder. Seria ridículo. Podia ter ganho? Acho que sim. Tivemos oportunidades, mas erramos. O nosso objetivo era a vitória. Pontuar sempre é importante, mas não vou valorizar esse resultado. Está na hora de o Grêmio vencer fora de casa. Hoje (quinta) faltou pouco — concluiu.



Veja também