O volante Arthur está em destaque no noticiário esportivo da Espanha nos últimos dias. A Juventus e a Inter de Milão, da Itália, e o Tottenham, da Inglaterra, são alguns dos clubes interessados no jogador do Barcelona. Uma eventual negociação renderia ao Grêmio alguns milhões a mais no cofre. Até o momento, o clube gaúcho já recebeu 33 milhões de euros pelo meio-campista, dos quais dois milhões de euros por gatilhos contratuais.

A negociação foi fechada em 31 milhões de euros, já pagos ao Grêmio. Com a cotação da época, o valor chegou a pouco mais de R$ 120 milhões. Nos últimos anos, o Grêmio conseguiu mais 2 milhões de euros com duas metas atingidas: 10 jogos com a camisa do Barcelona com um mínimo de minutos em campo e título espanhol na temporada passada.

Arthur está na mira de outros clubes, como a Inter de MIlão — Foto: AFP

Arthur está na mira de outros clubes, como a Inter de MIlão — Foto: AFP

Ainda restam outros gatilhos possíveis até chegar ao valor de 40 milhões de euros. Um deles, por exemplo, diz respeito a uma renovação contratual do volante com o Barcelona. Além de outros pontos, como a conquista da Liga dos Campeões, por exemplo.

Em caso de negociação com qualquer um dos clubes interessados, o Grêmio tem direito a 3,51% do valor do negócio por conta do mecanismo de solidariedade. O Tricolor acompanha estas situações com o software Rede do Futebol para resgatar receitas às quais tem direito.

Os jornais espanhóis não informam nenhum valor oferecido pela Juventus ou qualquer outra equipe. Portanto, não há como projetar quanto Arthur poderia render no momento para o Grêmio. Com o número da negociação entre Tricolor e Barcelona como parâmetro, o clube gaúcho levaria mais pouco mais de 1 milhão euros. Na cotação atual, valor acima dos R$ 6 milhões.

Arthur com a camisa da Seleção — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Arthur com a camisa da Seleção — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Isso, claro, em uma estimativa de negociação sem valorização. Desde a saída do Brasil, Arthur foi convocado pela Seleção, foi campeão da Copa América e tem a grife de estar no Barça.

O mercado também vai sofrer alterações no retorno das negociações por conta das quedas de receitas dos clubes. A Juventus, por exemplo, poderia incluir o meio-campista Pjanic, de 30 anos, no negócio com o Barcelona.

O dinheiro de Arthur foi usado pelo Grêmio para pagamento de dívidas em 2018 e 2019. Essa atitude faz o clube, no momento atual de aperto de receitas, ter uma situação menos complicada com pagamentos de juros. E facilita, também, as condições de um eventual de empréstimo em caso de necessidade para fechar as contas durante a parada do futebol.



Veja também