Tranquilo, Grêmio vence, segue no G4 e rebaixa o Guarani

28 de novembro de 2010 - Às 21:07
Com tranqulidade e sem sofrer muito na defesa, o Grêmio passou fácil pelo Guarani em Campinas por 3 a 0 e rebaixou o time paulista à segunda divisão. André Lima segue fazendo gols, Jonas voltou a marcar e Diego Clementino segue sendo decisivo, quando entra, sempre deixa sua marca. Tricolor precisa de um empate contra o Botafogo.

Campeonato Brasileiro – 37ª Rodada
Campinas-SP
GUARANI0:3GRÊMIO
O Guarani começou o jogo pressionando, apesar de não criar muitas chances claras de gol. O Grêmio, quando chegou, chegou para definir. Aos 22 minutos, Rochemback bateu falta e André Lima subiu de cabeça para abrir o placar, em uma das jogadas principais de ataque do Grêmio.
O Guarani começou a pressionar e se lançou ao ataque. Aos 24 minutos, Baiano cobrou escanteio fechado e Victor salvou. Um minuto depois, Mazola levantou a bola na área, que enganou Victor e explodiu no travessão.
André Lima abriu o placar em Campinas

O Bugre pressionava muito no forte calor de Campinas. O primeiro tempo foi se encaminhando assim, sem muitas chances, principalmente por parte do Grêmio.

O Grêmio começou o segundo tempo equilibrado, sem deixar o Guarani pressionar demais. Apodi era o principal armador de jogadas do time do Guarani, na velocidade, ganhava dos defensores gremistas, mas os cruzamentos felizmente, estavam ruins. Aos 13 minutos, Lucio deu grande passa para Jonas, que bateu encima de Emerson, perdendo grande chance. Aos 25, Jonas aproveitou a falha do goleiro e ficou com o gol vazio, mas a zaga o atrapalhou e ele não conseguiu chutar.
Aos 31 minutos, Diego foi derrubado na área por Aislan, pênalti. Jonas bateu com categoria e fez seu 22º gol no campeonato.

Aos 38, Jonas deu excelente passe na frente para Diego Clementino, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro para sacramentar a vitória.



GIRO RÁPIDO PELO BRASILEIRÃO

O Atlético-PR empatou com o Ceará, o que quer dizer, que o Grêmio precisa apenas do empate diante do Botafogo (venceu o Prudente por 3 a 1) para se classificar à Libertadores. Sempre lembrando que o Goiás não pode ser campeão da Sul-Americana.
Na luta pelo título, Fluminense, Corinthians e Cruzeiro venceram seus jogos e vão para a última rodada com chances de título. O Fluminense só depende de uma vitória diante do Guarani.
Na zona de rebaixamento, o Atlético-MG, Avaí e Flamengo escaparam. Atlético-GO e Vitória lutam pela última vaga à Série B, já que Prudente, Goiás e Guarani estão rebaixados.


Veja também