“Torço para caramba e quase perco a voz”, diz Geromel sobre ainda não ter jogado Libertadores

Zagueiro destacou força do grupo do Grêmio para reverter resultado contra Guarani

21 de abril de 2017 - Às 20:21
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação CP

Liderança no setor defensivo do Grêmio e, normalmente, titular absoluto, Pedro Geromel curiosamente ainda não jogou na Libertadores 2017. Lesionado na primeira partida e poupado nos outros dois jogos, ele frisou que pelo ambiente sente como se estivesse no campo. “Torço para caramba e quase perco a voz na torcida”, relatou o zagueiro em entrevista nesta sexta-feira.

Por conta das concentrações e viagens, entretanto, ele salientou que está pronto para defender o Tricolor na competição sul-americana. “É como se estivesse ajudando ali. Tive a rotina de concentração, hotel, pré-jogo e vestiário”, lembrou.

Sobre o empate contra o Guarani do Paraguai, ele exaltou o esforço dos atletas que vestiram a camisa tricolor.  “Todo o time correu e lutou, tivemos um monte de situações adversas, mas ele tiveram força para reverter e por pouco não viraram o jogo. Todos estão de parabéns pela entrega e raça”, avaliou.

O zagueiro também descartou qualquer tipo de inconformidade por não ter sido escalado nas partidas. “Todo mundo quer jogar sempre, mas tem profissionais mais qualificados, da comissão técnica e preparação física que optaram por colocar alguns jogadores e não os outros”, explicou. “Nós treinamos e estamos 100% para a próxima”, garantiu Geromel.



Veja também