Titular pela 1ª vez pela Seleção, Everton classifica goleada sobre Peru como “partida excelente”

Autor do 3º gol na vitória por 5 a 0, atacante comemorou atuação pessoal e do grupo, importante para afastar desconfiança da torcida nesta Copa América; próximo jogo é na Arena do Grêmio

23 de junho de 2019 - Às 08:36
Bob Paulino/BP Filmes

Titular pela primeira vez com a camisa da seleção brasileira, Everton foi um dos destaques na goleada por 5 a 0 sobre o Peru. Autor de um gol e de uma assistência, ele classificou a vitória, que garantiu o primeiro lugar do Grupo A, como “excelente” e importante para afastar qualquer desconfiança sobre o grupo, que vinha sendo questionado nesta Copa América.

– Eu pude dar meu melhor hoje, né?! No momento em que eu fiquei sabendo que ia jogar, eu já estava preparado. Vim me preparando para entrar concentrado, para poder ajudar. Independente se eu fizesse gol ou desse assistência. O mais importante era competir. Hoje a nossa equipe mostrou isso.

– Se algum momento existiu alguma desconfiança nesse grupo, creio que a gente pôde fazer uma partida excelente, sem dar chances ao adversário. Fazendo aquilo que não fizemos no outro jogo. Hoje a gente foi muito feliz tanto na criação, quanto na finalização – declarou.
 

A partida, inclusive, já ficou marcada como uma das mais especiais de sua carreira. E a recepção dos mais experientes do grupo tem relação direta com esse início tão bom: nesta Copa América, já são dois gols e uma assistência.

– Com certeza (uma das mais especiais). A torcida gritando meu nome e pude corresponder bem, mas espero ter mais atuações como essa ou até melhores (…) Só tenho agradecer a todos, porque não só comigo, mas com os outros mais novos, os caras dão total confiança, total apoio. Eles vem extraindo aquilo que a gente tem de melhor – comentou.

Com a vitória, o Brasil avançou às quartas de final da competição e voltará a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, na Arena do Grêmio, onde Everton conhece “cada metro quadrado”. O adversário será o terceiro colocado do Grupo B ou do Grupo C.

– (Felicidade) não só pra mim, mas pro grupo, que depois dessa partida, vai ser bem recepcionado lá. Com certeza a torcida do Grêmio vai nos apoiar bastante. Particularmente falando, fico muito feliz. Estar voltando lá com a Seleção em um canto que eu conheço de cor, sei cada metro quadrado daquele gramado… Espero ser feliz lá, como a gente foi feliz hoje aqui – disse o jogador.



Veja também