Pouco importa se será titular ou não. O fundamental é evoluir, mostrar que tem condições de ajudar e esperar a escolha de Renato Gaúcho. Com este lema, Leonardo Gomes trabalha dia a dia no Grêmio. A seriedade com que encara os treinamentos é a mesma que trata o Rosario Central.

Apesar de o time passar por uma fase de turbulência no Campeonato Argentino, nada de pensar que encontrará facilidades na estreia da Libertadores. O respeito é a tônica. O adversário não venceu um jogo sequer na atual temporada (quatro empates e três derrotas). A última vitória ocorreu no dia 23 de novembro, quando superou o Estudiantes por 2 a 1.

O Rosario está em 17º no torneio local, com apenas 22 pontos em 21 rodadas. Edgardo Bauza foi demitido e o interino Paulo Andrés Ferrari assumiu como treinador. Motivo para ter tranquilidade na Argentina?

Leonardo virou o dono da lateral direita no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Leonardo virou o dono da lateral direita no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

– Sinceramente, facilita nada. Todo mundo fala que Libertadores é diferente. A fase deles no campeonato não interferirá em nada, é outra competição. Eles trocaram de técnico, acho que não ganharam nenhuma no ano, mas não interfere. Jogar na Argentina é sempre difícil. O estádio do Rosario é um caldeirão, terá pressão, mas estamos preparados – alerta Leonardo em entrevista coletiva neste domingo.

Contratado em 2017, o lateral-direito sofreu até embalar. Via Léo Mouraser titular indiscutível e tentava ao menos ser uma alternativa. Aos poucos, começou a convencer o treinador que merecia oportunidades. No ano passado, já alternava com o companheiro no setor. Agora, aproveita a lacuna deixada por Léo, que se recupera de um problema na panturrilha direita.

“A gente sabe que lá é caldeirão, na Argentina é sempre assim. Mas estamos bem preparados e cientes do que fazer lá” (Leonardo)

No treino da manhã deste domingo, os jogadores trabalharam cruzamentos e finalizações. Além de orientá-los, Renato participou da atividade e brincou o tempo todo com os pupilos. O bom momento do clube reflete no ambiente interno, constata Leonardo.

– Nosso grupo é bem unido. A gente brinca bastante, não só no vestiário. Conseguimos passar isso para dentro de campo também. Foi uma semana boa, estamos bem cientes do que precisamos fazer. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo na quarta – destaca.

Com foco no Rosario, o Grêmio volta aos trabalhos nesta segunda-feira. O treino será pela parte da manhã. À tarde, a delegação viaja a Argentina. Na quarta, às 21h30, enfrenta o Rosario Central no Gigante de Arroyito.



Veja também