Time reserva do Grêmio mostra mais ofensividade e vence o GRE-NAL em Rivera de virada

30 de janeiro de 2011 - Às 23:22

No GRE-NAL mais frio e distante da década, melhor para os reservas gremistas que vencem o primeiro GRE-NAL do ano

Com um futebol ofensivo, e sempre mostrando o desejo de vencer, o time B do Grêmio mostrou mais força e vontade do que o time B do Inter, e venceu o clássico GRE-NAL de virada, por 2 a 1. No GRE-NAL 384, o Tricolor chegou a sua vitória número 121, graças a gols de Bruno Collaço e Lins. Roger estreou com o pé direito no comando do time gremista.
O Grêmio segue como único invicto no Gauchão e alcançou sua 3ª vitória seguida.

Gauchão 2011 – Estádio Atílio Paiva – Rivera (URU)
1º Tempo: Equilibrio, erros de passe e gol de cabeça
O Grêmio começou o jogo melhor. Aos 6 minutos, Maylson fez lançamento e deixou Diego Clementino na cara do gol, que bateu encima de Muriel.
O jogo era bastante duro e com poucas chances de gol, o Inter não conseguia criar situações de gol. A primeira chance colorada foi aos 18 minutos, em chute cruzado a bola foi para fora.
Os jogadores erravam muitos passes. A ansiedade provavelmente atrapalhava. Aos 26 minutos, após bola na área do Inter, a zaga tirou mal, e graças a Muriel, o gol do Grêmio não saiu.
O Inter demorou para chegar, mas quando chegou, foi para abrir o placar. Aos 38 minutos, Marquinhos cobrou escanteio, Guto subiu mais que a zaga e desviou para gol. O Inter terminou o primeiro tempo melhor, buscou o segundo gol, e o Grêmio apenas se defendia. Aos 43 minutos, Guto cobrou falta, a bola raspou a trave de Marcelo Grohe e saiu.
Segundo tempo Grêmio manda no jogo e vira
O Grêmio começou melhor no segundo tempo, e o tricolor perdeu uma chance inacreditável aos 9 minutos. Maylson recebeu cruzamento e cabeceou forte, Muriel fez grande defesa. Clementino pegou a sobra, mas não deu direção. A bola bateu em Muriel, na trave, e não entrou. Simplesmente incrível.
Bruno Collaço fez o gol de empate
Aos 11, Mithyuê pegou a sobra de fora da área e ela passou por cima do travessão. Aos 13 minutos, após tanta pressão, o Grêmio chegou ao empate. Bruno Collaço bateu falta com perfeição e empatou o jogo.
Aos 17 minutos, Clementino arrancou e cruzou para Adilson, livre bater de dentro da área, Muriel fez grande defesa. Aos 23 minutos, Ricardo Goulart recebeu lançamento, tocou por cima de Marcelo, mas a bola foi também por cima do gol. Aos 27 minutos, Lins aproveitou falha de Natan, e tocou de na saída do goleiro Muriel, virando o jogo. O gol premiou o time mais ofensivo, que mais buscou o gol.
Mesmo perdendo o jogo, o Internacional não conseguia criar chances de gol e o Grêmio era mais ofensivo e segurava a bola no campo de ataque. Mas aos 42 minutos, Thiago Humberto teve a chance do empate de cabeça, mas Marcelo Grohe salvou.
No fim do jogo, Lins tabelou com Diego Clementino, invadiu a área e bateu: Muriel salvou mais uma vez.
Graças ao goleiro Muriel, o placar não foi mais elástico.
Classificação
Com a vitória, o Grêmio assume a vice-liderança do Grupo 2, com onze pontos, e fica apenas atrás do Juventude, que tem 12. O Internacional caiu para a 2ª posição do Grupo 1 com 9 pontos, atrás do Caxias, que tem dez.

GOLS


Veja também