O time de futebol 7 do Grêmio não terá o contrato renovado e encerrará as atividades. O projeto que libera a licença de uso do nome do clube, sua imagem e uniformes acabará em dezembro deste ano e todos os jogadores e funcionários serão dispensados.

O motivo para o fim do projeto é a realocação de recursos por parte dos investidores, além da avaliação de que chegou ao fim um ciclo vitorioso.

Em pouco mais de um ano de atividades, o clube conquistou os títulos da Liga das Américas, Recopa Sul-Americana, Copa da Liga Nacional, Gauchão (duas vezes) e Recopa Gaúcha (duas vezes).

Grêmio Futebol 7 é campeão da Liga das Américas 2020 — Foto: Luciano Maciel/Grêmio Futebol 7

Grêmio Futebol 7 é campeão da Liga das Américas 2020 — Foto: Luciano Maciel/Grêmio Futebol 7

O clube gaúcho havia se associado ao antigo BCF, time tradicional das competições estaduais da modalidade e gerido por Fernando Matos, que foi o diretor da equipe de futebol 7. O time era profissional, com salários pagos e até veículo próprio para deslocamento.

O projeto contou com inúmeras contratações midiáticas, como Falcão, ídolo do futsal, o “Maestro” Douglas e o Diguinho, ex-Fluminense. O Grêmio também contratou Vassoura, eleito melhor jogador do mundo de futebol 7 em 2018, mas que não chegou a jogar pelo time.



Veja também