Tiago Nunes revelou que quase levou Ferreira para o Athletico-PR, quando era técnico da equipe paranaense, e que vê um horizonte de seleção brasileira para o atacante. Foi o garoto quem comandou a classificação do Grêmio à final do Gauchão, com a vitória por 2 a 0 sobre o Caxias no domingo, na Arena.

As manifestações foram dadas pelo treinador na entrevista coletiva após a partida, poucos minutos depois de Ferreira se destacar em campo com gol e uma assistência. Tiago enxerga potencial para melhorar o desempenho de Ferreira.

– Conheço o Ferreira há algum tempo. Em 2018, jogamos contra ele no Toledo, eu no Athletico-PR. Tentei levá-lo porque chamava muita atenção. Queremos que seja ainda mais dinâmico, mas estou muito satisfeito com o que apresenta. A médio e longo prazos, ainda tem muito a evoluir e com outros horizontes, como Seleção – projetou o técnico.

Vice-artilheiro da equipe na temporada, Ferreira deu assistência para Matheus Henrique abrir o placar e ainda fez outro gol contra o Caxias. O atacante vive sua melhor fase da carreira em termos estatísticos, com oito gols e seis assistências nas 18 partidas disputadas temporada.

Ferreira comemora o segundo gol do Grêmio contra o Caxias — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Ferreira comemora o segundo gol do Grêmio contra o Caxias — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Já são 11 jogos seguidos como titular para Ferreira no Grêmio. A sequência iniciou no Gre-Nal, vencido pelo Gauchão, e perdura até a vitória contra o Caxias, no último domingo. O cansaço e desgaste físico do atleta tem sido controlado pelo clube, como contou o técnico Tiago Nunes.

– Existem formas de descansar o atleta. Podemos preservá-lo de treinamentos, tirá-lo nos jogos. No último, atuou em 45 minutos. A carga foi menor. Buscar que sempre esteja inteiro para atuar. Os atletas, quando cansados, perdem qualidade. É um atleta importante, não gosta de ficar fora. Temos que valorizar o empenho para estar em campo – comentou Tiago.

Vale ressaltar que Ferreira foi titular nos 18 últimos jogos que esteve à disposição. Só duas vezes ele ficou de fora. A primeira porque cumpriu suspensão contra o Esportivo, a outra por não ter sido relacionado por Alexandre Mendes para o duelo com o São Luiz, em Ijuí.

Resta saber se Ferreira seguirá nessa batida de titularidade ao iniciar a semana. O Grêmio enfrenta o Lanús na quinta-feira, na Arena, pela fase de grupos da Sul-Americana, e disputa o jogo de ida da final do Gauchão contra o Inter, no domingo, no Beira-Rio.



Veja também