A vitória de virada no Gre-Nal deste domingo, no Beira-Rio, foi comemorada no vestiário, claro. Mas o técnico Tiago Nunes freou o entusiasmo após o 2 a 1 na primeira partida da final do Gauchão e disse que a vantagem na decisão é “pequena”.

O treinador valorizou a atuação do Tricolor e o resultado conquistado, mas se disse “vacinado” e afirmou que o vestiário gremista trata a situação com “muita humildade”. Tiago Nunes conquistou a sétima vitória consecutiva no comando do Grêmio no clássico.

— Queria aproveitar a oportunidade de ressaltar o trabalho dos atletas em campo, a doação, comprometimento em todos os aspectos. E passar ao nosso torcedor que acabamos de sair do vestiário e tratamos o jogo com muita humildade, pé no chão, que não vencemos absolutamente nada. É o primeiro passo, primeiro tempo destes dois jogos e temos que trabalhar muito para merecer a conquista de um título gaúcho. Tem muita coisa pela frente, a gente está vacinado e não se entusiasma com essa primeira vitória, que foi importante — garantiu Tiago Nunes.

Tiago Nunes, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Tiago Nunes, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio saiu atrás no primeiro tempo, mas melhorou na volta do intervalo e buscou a virada em duas jogadas de bola aérea, com Diego Souza e Ricardinho, respectivamente, em cobrança de falta e jogada pelo lado. Para o treinador, os atletas tiveram percepção do que era necessário do jogo em campo.

— O jogo é feito de ciclos, tem momentos que o time vai estar melhor, momentos que o adversário vai ser superior. Aí tem que ter a capacidade de equilibrar, saber a hora de defender, a hora de tacar, a maturidade dos atletas somada com a qualidade do grupo nos aproximaram da vitória. Merecemos pela luta e pela entrega — completou o treinador.

Na próxima quinta-feira, o Grêmio encara o Aragua, na Venezuela, pela Copa Sul-Americana. O Tricolor é o líder do Grupo H, com 12 pontos, e um empate basta para confirmar a classificação.

Com o resultado no Beira-Rio, o Grêmio pode empatar para ser campeão do Gauchão. Caso perca por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis. O jogo de volta ocorre no próximo domingo, às 16h, na Arena.



Veja também