Na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Grêmio ganhou mais um problema para o restante da temporada. O volante Thiago Santos sofreu uma lesão muscular considerada grave na coxa direita e vai desfalcar o time de quatro a seis semanas.

O diagnóstico foi divulgado pela assessoria de imprensa do clube na manhã desta terça-feira: “O volante Thiago Santos sofreu uma lesão de alto grau na musculatura adutora da coxa direita durante a partida contra o Fortaleza e deverá permanecer de 4 a 6 semanas no departamento médico”.

Thiago Santos, volante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Thiago Santos, volante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Thiago Santos deixou a partida ainda no primeiro tempo. O volante suportou apenas 21 minutos em campo até dar lugar a Lucas Silva. Já no banco de reservas, começou o tratamento com gelo. Sem o jogador, Lucas Silva, Darlan e Fernando Henrique são opções para a posição.

Tiago Nunes ainda contabiliza outras baixas para a partida de quarta-feira contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, pelo Brasileirão. Kannemann foi expulso contra o Fortaleza e cumpre suspensão. Maicon está entregue ao departamento médico, em recuperação de uma lesão muscular na panturrilha direita.

Alisson faz a transição física após lesão no tornozelo esquerdo. Pelo mesmo processo passa Leonardo Gomes. O lateral-direito operou o joelho direito em duas ocasiões e não atua desde 2019. Já Pinares está a serviço da seleção do Chile para a disputa da Copa América.



Veja também