Após a derrota para o Fortaleza e o anúncio da saída de Marcos Herrmann do cargo de vice de futebol, o técnico interino do Grêmio Thiago Gomes concedeu entrevista coletiva para falar sobre o resultado no Castelão e o ambiente no vestiário.

Sobre o jogo, Thiago explicou que optou por um esquema com dois atacantes para tentar pressionar a saída de bola do Fortaleza. O substituto temporário de Felipão avaliou que a equipe teve uma boa atuação, mas que o adversário teve o controle no segundo tempo e conseguiu encontrar o gol.

– Estávamos confiantes para o jogo, acredito que teve dois tempos distintos. O Grêmio um pouco melhor no primeiro, Fortaleza no segundo. Não aproveitamos tão bem as nossas oportunidades, o Fortaleza teve um pouco mais de êxito. A gente estava com muitos desfalques também, Fortaleza completo. Isso pesa, claro. Precisamos de todas as nossas forças – comentou o treinador.

Thiago Gomes falou após a derrota para o Fortaleza — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Thiago Gomes falou após a derrota para o Fortaleza — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Questionado sobre a sua situação na comissão técnica, Thiago Gomes disse que não recebeu nenhuma sinalização da direção sobre sua permanência para os próximos jogos. Mas irá iniciar a preparação para enfrentar o Juventude, no domingo, tão logo a delegação retorne a Porto Alegre.

– Não falamos nada sobre isso. Sigo meu trabalho, sou interino. Chego em Porto Alegre, desenvolvo o planejamento para o jogo do Juventude. Vamos viver dia a dia, jogo a jogo, como temos que fazer – resumiu Thiago.

Thiago Gomes e a delegação do Grêmio voltam aos treinos nesta quinta-feira. Enquanto a direção não anuncia a chegada de uma nova comissão técnica, ele segue comandando as atividades.

O Tricolor segue na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro com 23 pontos, cinco a menos que o primeiro fora da zona de rebaixamento. No domingo, às 18h15, recebe o Juventude, na Arena, pela 27ª rodada.



Veja também