O Grêmio recomeça as atividades presenciais no CT Luiz Carvalho nesta segunda-feira depois de um mês de férias. O planejamento prevê exames que podem se estender até quarta e grupos de no máximo cinco jogadores em trabalhos físicos, que só devem começar na quinta.

Cerca de 15 pessoas trabalharão no período inicial de testes em estrutura temporária montada no lado de fora do prédio. Nesta segunda, profissionais da saúde do clube terão o primeiro contato com os equipamentos adquiridos e a aplicação dos mesmos com a ajuda de dois auxiliares de enfermagem.

Tendas foram montadas no CT Luiz Carvalho durante o fim de semana — Foto: Leonardo Muller/RBS TV

Tendas foram montadas no CT Luiz Carvalho durante o fim de semana — Foto: Leonardo Muller/RBS TV

Os seguranças serão responsáveis por fazer a triagem de quem chega ao centro de treinamentos. Completam o grupo de apoio profissionais responsáveis pela higienização e três massagistas.

Cronograma da semana

  • Segunda: testes a funcionários
  • Terça: testes nos jogadores e familiares
  • Quarta: início de avaliações dos atletas

Todas as pessoas passarão por medição de temperatura e oximetria, que detecta o nível de oxigênio no sangue e ajuda a diagnosticar doenças pulmonares, caso da Covid-19.

Os processos serão feitos de maneira individual. Assim, os jogadores realizarão os testes entre terça e quarta e, provavelmente, só irão ao gramado na quinta para treinar.

— Vamos ter o pessoal da segurança que vai fazer a triagem, auxiliares de enfermagem para medições de temperatura e oximetria e o pessoal da higiene constante, que vamos fazer mais que exaustivamente. Um grupo que não dá para ser muito diminuído pelas necessidades sanitárias — destaca o médico Paulo Rabaldo ao GloboEsporte.com.

Médicos do Grêmio irão iniciar exames na segunda — Foto: Divulgação/Grêmio

Médicos do Grêmio irão iniciar exames na segunda — Foto: Divulgação/Grêmio

As atividades ocorrerão em tendas ao ar livre instaladas no estacionamento e nos gramados do CT Luiz Carvalho. O clube encomendou cerca de 300 testes para verificar possíveis casos de coronavírus e consequente afastamento do profissional.

A preparação física fará avaliações semelhantes às de pré-temporada para analisar o nível dos atletas antes de iniciar os treinamentos.

Quando liberados para os trabalhos no gramado, os jogadores chegarão fardados ao CT e farão atividades sem contato físico, com distância de dois a três metros. Os treinos nos campos serão prioritariamente sem contato com bola nos primeiros dias.

Jogadores deverão cumprir certa distância dos companheiros nos treinos — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Jogadores deverão cumprir certa distância dos companheiros nos treinos — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O aumento escalonado do número de jogadores em grupo depende da evolução dos trabalhos, dos testes a ser feitos e também das orientações de autoridades em saúde.

Os próximos passos para liberação do futebol devem ocorrer no meio da semana. O presidente da Federação Gaúcha, Luciano Hocsman, irá se reunir com o governador Eduardo Leite para tratar do tema. A partir daí, o cenário pode tomar um caminho mais concreto sobre eventuais datas de jogos.



Veja também