“Temos que entrar como se o jogo tivesse 0 a 0”, pede Léo Moura

Lateral irá substituir Edílson, que não treinou nos últimos dois dias

8 de agosto de 2017 - Às 17:32
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O lateral do Grêmio Léo Moura não quer nem pensar em vantagem na decisão contra o Godoy Cruz, na quarta-feira, na Arena. Para o jogador, é fundamental que o grupo não pense na vitória por 1 a 0 na Argentina e foque exclusivamente em superar o adversário dentro de seus domínios.

“Não gosto nem de falar em vantagem. Isso é muito relativo, ainda mais se tratando de Libertadores. Hoje, no futebol, um gol não é garantia de nada. Temos que entrar como se tivesse 0 a 0 e precisando da vitória. Lá no final do jogo, certeza que, se fizermos uma boa atuação, concentrado e focado, vamos poder colocar em prática a vantagem. Precisamos jogar para vencer dentro de casa”, pediu o lateral.

Apesar de não ter participado na partida disputada no estádio Ilhas Malvinas, Léo Moura sabe que o Grêmio não terá facilidades na Arena. Nem mesmo o excelente momento da equipe deixa o jogador tranquilo para a decisão das oitavas de final da Libertadores da América.

“O cuidado é como em qualquer jogo de Libertadores. A vantagem é mínima. Não participei do primeiro jogo lá, mas pude assistir é um time que não desiste. Bastante jogada aérea e que briga muito, então, temos que ter foco e atenção até o apito final para sairmos de gramado com a classificação”, declarou Léo Moura.

Após o treino da manhã desta terça-feira, o grupo iniciou concentração em um hotel da zona Norte de Porto Alegre. Edílson, que não treinou nesta semana, ficou fora dos relacionados e está fora do jogo. Léo Moura será o titular.

Tricolor avança com empate

O Grêmio enfrenta o Godoy Cruz nesta quarta-feira, às 19h15min, na Arena. No primeiro jogo, vitória do Tricolor por 1 a 0. Com isso, empate ou vitória com qualquer resultado classifica o time de Renato Portaluppi para as quartas de final. Resultado igual ao jogo na Argentina levará a decisão para os pênaltis.



Veja também