“Tem muito pela frente, vamos botar os pés no chão”, diz Bolzan

Presidente do Grêmio reconhece que a expectativa de títulos do grupo é grande

28 de julho de 2017 - Às 12:07
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

O Grêmio segue avançando nas competições que está disputando na temporada, mas o discurso no vestiário é de cautela. O presidente gremista, Romildo Bolzan Jr., ressaltou, em entrevista coletiva, que o grupo precisa “botar os pés no chão” porque ainda tem muito trabalho pela frente. Após vencer o Atlético-PR fora de casa, nessa quinta-feira, e garantir a classificação para as semifinais da Copa do Brasil, o dirigente reconheceu que a expectativa por mais um título do clube é grande.

“Não adianta a gente ouvir que é o melhor time do Brasil e depois tropeçar em todas as competições. A expectativa do grupo é enorme, mas vamos botar os pés no chão porque ainda tem muito pela frente. A instituição está orgulhosa e o torcedor também, porém nada resolve se não tivermos algum título”, disse.

A manutenção do mesmo grupo de jogadores por mais de uma temporada tem sido um fato importante a se exaltar no Grêmio. “A continuidade é uma palavra-chave no processo inteiro do Grêmio. Temos um extracampo muito harmonioso. O clube tem um coletivo a se exaltar”, declarou o presidente gremista.

Após uma boa partida contra o clube paranaense, Bolzan elogiou o trabalho do técnico Renato Portaluppi. “O Renato tem uma leitura de jogo fantástica. Quando botou o Everton teve uma felicidade imensa, tanto que ele marcou o gol para liquidar o jogo”, avaliou.

O Tricolor volta aos trabalhos na tarde desta sexta-feira. O elenco gremista recebe o Santos no próximo domingo, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro.



Veja também