Suspenso pela Conmebol, Ramiro está fora da Recopa

Volante terá que cumprir dois jogos de pena pela expulsão contra o Lanús

23 de janeiro de 2018 - Às 06:48
Félix Zucco / Agencia RBS

O volante Ramiro desfalcará o Grêmio nos dois jogos contra o Independiente-ARG, em 14 e 21 de fevereiro, pela Recopa. O clube foi notificado pela Conmebol de que o meia, expulso na final da Libertadores, contra o Lanús, na Argentina, recebeu um jogo além da punição automática por reclamar da decisão do árbitro paraguaio Enrique Cáceres.

O Grêmio tentou recorrer da decisão, mas a Conmebol não aceitou o recurso encaminhado pelo departamento jurídico do clube.

– Para justificar a punição de dois jogos, a Conmebol alegou ato hostil do Ramiro com o árbitro – explica o diretor jurídico Nestor Hein.

Com a punição, Ramiro fica livre para atuar no jogo de estreia da Libertadores, contra o Defensor-URU, em 27 de fevereiro, no Estádio Luis Franzini, em Montevidéu. Mas, na final da Recopa,

o técnico Renato terá de buscar um substituto para o meia. Entre os favoritos para ocupar sua vaga estão Cícero e Léo Moura.



Veja também