No que depender da vontade do jogador, o futuro de Douglas Costa será no Grêmio. É o que garante o staff do atleta, informa o repórter Bruno Ravazolli, da Rádio Guaíba. Os agentes do camisa 10 alegam que o meia quer cumprir seu contrato na Arena e espera uma posição da direção do Tricolor. Emprestado até o meio de 2022, o vínculo prevê uma renovação automática até o final de 2023, caso a Juventus não solicite seu retorno – o que não está no radar dos italianos. 

Em coletiva, o vice de futebol, Denis Abrahão fez elogios a qualidade do profissional, mas reiterou que o clube teria dificuldades em encaixar seus vencimentos no orçamento da Série B. O clube quer reduzir a folha salarial para até 8 milhões de reais. 

Com peso no mercado, Douglas Costa despertou interesse de diversos clubes – São Paulo, Palmeiras, Flamengo. Atlético Mineiro e Orlando City buscaram informações sobre o meio-campista. Por seu alto salário, o Grêmio não pretende dificultar sua saída. Abrahão, entretanto, ressalta que o acordo precisa ser “bom para o Douglas Costa e bom para o Grêmio” e elogiou a postura de Junior Mendonza, empresário do atleta.

Outro ponto ainda não solucionado é a relação do meia com a torcida. Desde o episódio em que ele foi impedido de ir ao seu casamento na semana da partida contra o Atlético Mineiro, até o gol com aceno para as arquibancadas e o rebaixamento gremista consumado, o jogador ainda não se manifestou nas redes sociais. 



Veja também