Sim ao jogo feio! Futebol é resultado

11 de outubro de 2013 - Às 16:22
O Grêmio não abre mão de jogar bem, desde que seja eficiente. Este é o pensamento de todos dentro do clube. Primeiro, os três pontos, depois, jogar bonito. E é assim que vinham sendo os últimos jogos antes da derrota para o Criciúma na quarta-feira, onde o Grêmio com as entradas de Zé Roberto e Elano, fez jogadas bonitas com cobertura, toque de calcanhar e outras, porém não foi eficiente em definir as chances criadas e acabou derrotado.
O capitão do time, Hernán Barcos, comentou sobre a postura da equipe e a forma de jogar, dizendo que futebol é resultado:
“O que se fala é que o Grêmio joga feio e ganha. Se jogamos bonito, perdemos. O que o torcedor quer? Ninguém se conforma. Nós queremos ganhar. Jogar feito ou bonito não interessa, queremos ganhar. Futebol é resultado. Nós procuramos isso. Contra o Criciúma jogamos melhor e não ganhamos. Outras vezes jogamos pior e vencemos. Temos que procurar a regularidade, mas temos que deixar falar. Futebol é resultado”, disse o capitão do time.
Para as próximas partidas, já com a maioria dos titulares de volta, o técnico Renato Gaúcho deve voltar o time ao esquema 3-5-2, que vinha conquistando as vitórias e que deixou o Grêmio na vice-liderança.
A próxima partida do Tricolor é neste sábado diante do Fluminense, às 18h30 no Rio de Janeiro.


Veja também