Há um mês sem vencer, é possível dizer que o Grêmio terá pela frente um cenário favorável para encerrar tal jejum. Os dois próximos adversários do clube gaúcho vivem momento semelhante. O Botafogo, inclusive, já rebaixado no Campeonato Brasileiro.

Grêmio e Botafogo se enfrentam nesta segunda-feira no Nilton Santos. O time de Renato Portaluppi encara, na rodada seguinte, o São Paulo. Os três têm, no momento, os piores jejuns do país. Os cariocas não vencem há oito jogos, enquanto Grêmio e São Paulo não ganham há sete partidas. A diferença é apenas que os paulistas têm jogos de Brasileiro e Copa do Brasil na conta.

Os três times são os únicos que não ganharam nenhuma partida sequer nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro. Vivem, é verdade, situações diferentes na tabela. O São Paulo joga na quarta, contra o Ceará, e pode encerrar essa sequência nesta rodada.

— Estamos pagando muito caro os detalhes que não fazemos bem, talvez não acontecia isso antes. Mas o grupo está forte e trabalhando da melhor maneira. Às vezes se faz muito para ganhar e não consegue, mas tem que ter a cabeça fria e com os pés no chão, não enlouquecer e tratar de conseguir a vitória o antes possível — destacou o centroavante Diego Churín.

Pepê em ação na vitória do Grêmio sobre o Botafogo — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Pepê em ação na vitória do Grêmio sobre o Botafogo — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Botafogo, inclusive, foi o estopim de uma série de 18 partidas sem perder para o Grêmio. A vitória por 3 a 1 na Arena foi também uma retomada de desempenho naquele momento, que demorou algumas rodadas para depois se consolidar.

Jogos de jejum

  • Botafogo: 8 jogos (7 derrotas e 1 empate)
  • São Paulo: 7 jogos (4 derrotas e 3 empates)
  • Grêmio: 7 jogos (2 derrotas e 5 empates)

O Botafogo ainda definiu as demissões do técnico Eduardo Barroca e do diretor Tulio Lustosa para iniciar o planejamento para a Série B. O Grêmio encara um rival já em transformação para a temporada 2021 e que terá uma equipe comandada por interino.

O Tricolor tem 53 pontos e é o sétimo colocado, mas com a mesma pontuação do Palmeiras, o sexto. O Fluminense, quinto, tem 56 e joga na próxima quarta, e o São Paulo, quarto colocado, tem 58.

O Grêmio chegou ao Rio de Janeiro neste sábado e terá três desfalques em relação ao empate com o Santos na Arena. Vanderlei ficou fora, enquanto Victor Ferraz e Diego Souza estão suspensos. Pinares, que se negou a entrar no segundo tempo, também ficou em Porto Alegre.



Veja também