Sem Renato, Grêmio terá time de transição pela Primeira Liga contra o Cruzeiro

Time será treinado por Felipe Endres na quarta-feira, no Mineirão

29 de agosto de 2017 - Às 05:48
Foto: Lucas Uebel

Focado no Brasileirão e Libertadores, o Grêmio atuará com equipe de transição diante do Cruzeiro na próxima quarta-feira, no Mineirão. A partida é válida pelo duelo único das quartas de final da Primeira Liga. Nem mesmo Renato Portaluppi acompanhará o confronto no banco. Alguns reservas vão reforçar o time, como Rafael Thyere.

– Está programado que iria o time de transição e mais algum jogador que precise de ritmo. O técnico deve ser o (Felipe) Endres, do transição – explicou o vice de futebol Odorico Roman, em entrevista a Rádio Gaúcha.

Até então, o Grêmio disputou três partidas pela Primeira Liga. Perdeu para o Flamengo, ganhou do América-MG e empatou com o Ceará. Se classificou em segundo no Grupo B, com quatro pontos. E o time de transição foi utilizado somente no último confronto (Renato mesclou titulares nos dois primeiros duelos). Entre os reservas que devem viajar para Belo Horizonte, Bruno Rodrigo, Rafael Thyere e Beto da Silva aparecem na lista para ganhar ritmo de jogo.

Os dois últimos estão em processo de retorno de lesão. Thyere se recuperou de lesão no tornozelo esquerdo, enquanto Beto jogou poucos minutos em 2017 e precisa atuar. Arroyo ainda não foi liberado para jogar, enquanto Douglas e Jael fazem seu processo de retorno ainda.

Entre os jovens das categorias de base que devem ganhar mais uma chance na temporada, estão Guilherme Guedes, Conrado, Jean Pyerre e Patrick. O quarteto foi chamado para compor o grupo da seleção brasileira no primeiro treino em Porto Alegre, nesta segunda-feira. Eles complementaram a equipe enquanto Tite ainda aguarda as chegadas de Casemiro, Marcelo, Roberto Firmino, Taison e Giuliano.



Veja também