O Grêmio se reapresentou na tarde desta terça-feira, no CT Luiz Carvalho, após vencer o Goiás na última segunda, na Arena, pelo Brasileirão. A principal novidade foi a liberação de Kannemann do departamento médico, mas que ainda depende de uma conversa com a comissão técnica para voltar a jogar. Pinares, ausente no jogo de segunda por quadro de gripe, voltou a treinar.

O zagueiro se recupera de dores musculares e não atua há quase um mês pelo Tricolor. Porém, conforme ouviu o ge, Kannemann realizou exames médicos nos últimos dias e não teve lesão constatada.

Ele é avaliado pela comissão técnica para saber se terá condições de encarar o Guaraní na próxima quinta-feira, no segundo jogo das oitavas de final da Libertadores. A tendência é que David Braz seja o companheiro de Geromel na zaga.

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

No treinamento desta terça, os titulares contra o Goiás ficaram apenas na academia. Enquanto quem não atuou ou jogou poucos minutos realizou um trabalho técnico em campo reduzido e conclusões a gol. A definição do time que encara o Guaraní ocorre no trabalho de quarta.

A expectativa era de que Kannemann entrasse na vitória sobre o Goiás na última segunda-feira, pelo Brasileirão. Mas ele sequer ficou no banco de reservas devido ao problema físico. O técnico prometeu uma conversa com o zagueiro.

– Vamos conversar com ele amanhã (terça-feira) e ver como se encontra. Dependendo da conversa, saberemos se ele terá condições de jogar na próxima quinta-feira ou não – disse Renato.

Kannemann não entra em campo pelo Grêmio desde o dia 5 de novembro, na vitória sobre o Juventude nas oitavas de final da Copa do Brasil. Depois, se apresentou para a seleção argentina e, na volta, ficou no banco contra o Corinthians, no último dia 22. O defensor atuou em 20 dos 50 jogos do Tricolor em 2020.

O elenco do Grêmio faz o último treino nesta quarta-feira antes de enfrentar os paraguaios. Na quinta, o Tricolor encara o Guaraní pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. Os gaúchos venceram a ida por 2 a 0 em Assunção.



Veja também