Sem direito à bilheteria, Grêmio deixa de faturar R$ 23 milhões em 2013

3 de janeiro de 2014 - Às 12:21
A nova Arena do Grêmio certamente trouxe muitos benefícios ao clube. A visibilidade e também o marketing foram provas disso. Porém, financeiramente falando, o ano de 2013 com a Arena não foi muito bom.
Além de ter que pagar mensalmente um valor para utilização da Arena (mais de R$ 6 milhões durante todo o ano de 2013), o Tricolor deixou de faturar mais de R$ 23 milhões, já que não tem direito às receitas de bilheteria, camarotes, estacionamento e publicidade do estádio.

O tal de ‘novo contrato da Arena’ que será assinado neste mês pelo presidente Fábio Koff diz que irá ‘salvar’ o Grêmio. O fato é que, o Olímpico era do Grêmio e esta crise financeira não existiria se o Tricolor ainda utilizasse o antigo estádio.



Veja também