Sem descanso, Grêmio encara dois jogos fora em sete dias com “pés no chão”

Tricolor encara o CSA, pelo Brasileirão, e o Libertad, pela volta das oitavas da Libertadores

28 de julho de 2019 - Às 08:34
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Com dois jogos a disputar fora de casa, o Grêmio ficará sete dias longe de Porto Alegre. O período sem descanso do Tricolor envolve os confrontos diante do CSA, na segunda-feira, pelo Brasileirão, e a decisão contra o Libertad, pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores, na quinta.

A delegação tricolor desembarcou em Maceió no final da tarde deste sábado, após um treino pela manhã no CT Luiz Carvalho. Da capital alagoana, o time pega um voo fretado na tarde de terça até Assunção, no Paraguai, e retorna ao Rio Grande do Sul apenas na sexta, por volta do meio-dia.

O lateral-esquerdo Juninho Capixaba acredita que o grupo sentirá dificuldades pelas longas viagens. Porém, confia que a boa preparação realizada em Viamão, durante a pausa para a Copa América, irá ajudar o time a aguentar essa semana fora de casa.

— É pouco tempo para descanso e muito tempo para trabalho. Estamos preparados para tudo. A minitemporada em Viamão nos ajudou bastante. Vamos sentir peso da viagem, mas temos que saber lidar com isso — avaliou Juninho em entrevista coletiva após o treino de sábado.

Os 2 a 0 diante do Libertad, pela ida das oitavas da Libertadores, dá ao Grêmio a vantagem para a volta. O Tricolor pode perder por um gol de diferença que garante vaga às quartas. Derrota por 2 a 0 leva o jogo para os pênaltis. Qualquer revés por dois gols de diferença a partir de 3 a 1 também lhe é favorável.

— A vitória foi muito importante para nós. Uma vitória de dois gols com um a menos, não é para qualquer time. Mostramos nossa força. Pés no chão para conseguir a classificação — opinou Capixaba.

Por enquanto, porém, será precisa trocar a chave para o Brasileirão. Os comandados do técnico Renato Gaúcho fecham a 12ª rodada do Brasileirão contra o CSA, na segunda-feira, às 20h, no Rei Pelé.

Na 11ª posição da tabela e com 12 pontos somados, o Grêmio vai em busca da vitória para dar um salto na classificação. Terá pela frente o Alviceleste com apenas seis pontos, em 19º. Mesmo que o contexto se mostre favorável ao Tricolor, o lateral Capixaba crê em dificuldades jogando fora de casa e pede inteligência ao time para sair vitorioso.

— Não só pela situação da tabela, mas vamos encontrar um jogo difícil. Vão jogar em casa, temos que ser inteligentes, explorar os espaços vazios. Se possível, sair de lá com os três pontos — comentou.

Para dar o pontapé nesta maratona fora de casa, o elenco gremista fará um treino fechado neste domingo, às 10h, no Centro de Treinamentos do CRB. Será o último trabalho antes de encarar o CSA.



Veja também