A quarta-feira serviu para concluir testes contra o coronavírus no Centro de Treinamentos Presidente Luiz Carvalho. Entre terça e esta manhã, 20 jogadores do Grêmio estiveram no complexo para serem avaliados pelo departamento médico do clube antes da liberação aos treinos físicos. Ninguém foi diagnosticado com a Covid-19.

Divididos em grupos de cinco atletas, os tricolores chegavam de meia em meia hora ao CT nesta quarta. Ainda dentro do carro, os jogadores passaram por uma triagem dos médicos, que mediam a temperatura corporal antes de permitir o acesso à área interna.

Everton foi um dos jogadores testados nesta quarta — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Everton foi um dos jogadores testados nesta quarta — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na sequência, responderam um questionário, verificaram a oxigenação periférica, passaram por nova avaliação termográfica e foram submetidos ao teste para coronavírus. As avaliações ocorreram de forma individual e ninguém apresentou sintomas de Covid-19.

Com os resultados aprovados, a comissão prepara o início dos trabalhos físicos. Na quinta-feira há treino em dois turnos. Os jogadores chegarão fardados ao CT e farão atividades sem contato físico, com distância de dois a três metros. Os treinos nos campos serão prioritariamente sem contato com bola nos primeiros dias.

Jean Pyerre passa por triagem antes dos exames no Grêmio — Foto: Tomás Hammes

Jean Pyerre passa por triagem antes dos exames no Grêmio — Foto: Tomás Hammes

O CT tricolor teve seus vestiários, banheiros, academia, cozinha, espaço da fisioterapia, corredores, administrativo, sala de imprensa e todos os demais espaços higienizados na manhã de segunda-feira. Nas áreas abertas, o clube promoveu uma pulverização de longo alcance.

Este período de trabalhos físicos não terá o acompanhamento de Renato Gaúcho. O treinador do Grêmio permanecerá no Rio de Janeiro. Os médicos recomendaram ao ídolo tricolor que seguisse isolado em razão das duas cirurgias cardíacas realizadas desde o ano passado



Veja também