O Grêmio definiu a saída de Porto Alegre para avançar nos trabalhos técnicos para o grupo de jogadores. A “nova casa” tricolor será o Centro de Treinamento Antenor Angeloni, do Criciúma, com seis campos disponíveis e área exclusiva para a delegação gaúcha.

Um dos gramados também é um miniestádio, com capacidade para 1,4 mil pessoas, e pode receber amistosos. Essa estrutura, com vestiários e até cabines de imprensa, foi feita em 2018, três anos após a abertura do centro de treinamentos.

O CT ainda possui quatro vestiários, que não deverão ser usados. Enquanto se prepara para o retorno em breve do Campeonato Catarinense, o Criciúma mantém protocolo de treinos semelhante ao do Grêmio. Os jogadores já chegam fardados e se encaminham diretamente ao campo.

Imagem aérea do CT do Criciúma — Foto: Adriano Silva de Souza/Criciúma EC

Imagem aérea do CT do Criciúma — Foto: Adriano Silva de Souza/Criciúma EC

O Tricolor seguirá a orientação à risca. O acesso do ônibus que conduzirá os jogadores será direto, sem contato com outras dependências do local, conforme o supervisor do Criciúma, Tiago Neoti.

As atividades serão, claro, em gramados diferentes. Áreas como academia e fisioterapia estarão à disposição do time gaúcho, mas precisarão ser higienizadas.

Os trabalhos do Criciúma e do Grêmio devem ocorrer em turnos distintos, por isso será possível o uso de toda estrutura. No entanto, a área é grande suficiente para permitir distanciamento entre as delegações em caso de conflito de horários.

Campo no CT do Criciúma que vai ser usado pelo Grêmio — Foto: Reprodução

Campo no CT do Criciúma que vai ser usado pelo Grêmio — Foto: Reprodução

São mais de 3 mil metros quadrados de área construída no local e possibilidade de alojar mais de 60 atletas, embora isso no momento não seja feito. O CT também é utilizado pelas categorias de base do Tigre e atende mais de 180 jovens.

O Grêmio deve viajar na segunda-feira a Criciúma, onde fica pelo menos uma semana. Os gaúchos inclusive consideram mandar jogos do Brasileirão na cidade, se Porto Alegre ainda não estiver liberada para sediar futebol quando a competição começar.

Academia do CT do Criciúma — Foto: Divulgação/Criciúma


Veja também