Segunda ordem no Grêmio em 2016 é acabar com o chutão

Após librar volantes para atacar e finalizar, técnico Roger quer melhorar saída de bola

26 de janeiro de 2016 - Às 06:49

marcelo groheO Grêmio segue trabalhando firme nos treinamentos para ter um grupo cada vez mais entrosado e forte para encarar as cinco competições que há pela frente nesta temporada. A primeira orientação de Roger foi que os volantes finalizassem mais. Agora, a regra é: eliminar os chutões.

No amistoso com Danubio, claramente foi possível perceber a nova orientação de Roger. Em uma das únicas vezes que o time deu chutão, foi quando Marcelo Grohe recebeu a bola, ninguém apareceu e ele precisou mandá-la para frente. Mas isso deve se tornar cada vez mais raro, conforme o próprio goleiro comentou:

“Um dos objetivos para o ano é esse, melhorar a saída de bola, inclusive comigo. Às vezes é necessário o recuo para o goleiro e eu ter a percepção é importante. Vamos trabalhar muito para dar certo. Claro que ninguém vai fazer loucura, mas temos qualidade para sair jogando”, disse Marcelo Grohe.

Este tipo de jogo serve para que a equipe possa aumentar a posse de bola e com isso melhorar a produção ofensiva no ataque.



Veja também