Rui Costa vê oscilações do grupo como normais: “quando não vai na técnica, se busca algo mais”

Dirigente comentou os resultados de início de ano e os jogos decisivos logo após as férias

9 de março de 2016 - Às 06:29
Foto: Halder Ramos
Foto: Halder Ramos

Após a vitória sobre a LDU por 4 a 0 na semana passada, a torcida do Grêmio voltará a lotar a Arena nesta quarta-feira na partida diante do San Lorenzo, da Argentina. O diretor executivo Rui Costa vê melhoras graduais na equipe e falou sobre jogos decisivos que a equipe já disputa pouco tempo após as férias: “Já de cara se disputam jogos fundamentais que definem o ano todo”, avaliou.

“Assim como outras equipes, o Grêmio passa por oscilações naturais de um início de ano. Mas nos jogos decisivos precisa mostrar algo mais”, comentou Rui. O dirigente também disse que o grupo gremista já mostra qualidades nesse sentido. “Ter a capacidade e leitura de que, quando não vai na técnica, se busca algo mais”, ponderou. “A Libertadores prega surpresas a todo momento.”

Contra o San Lorenzo, esse algo mais poderá novamente ser exigido, mas Rui crê no empurrão da torcida dentro da Arena para garantir essa força. “É um jogo decisivo, com todas as características da partida contra a LDU. Será fundamental conquistar os três pontos, mais importante que uma grande atuação”, definiu.

Adaptado Correio do Povo.



Veja também