Rui Costa ‘culpa’ arbitragem pela eliminação e garante confiança no trabalho de Luxemburgo

28 de abril de 2013 - Às 13:16

Após a eliminação do Grêmio para o Juventude na noite de ontem, a torcida do Grêmio perdeu a paciência com o técnico Luxemburgo. Porém, o diretor executivo do Grêmio, Rui Costa, creditou a derrota para o Juventude na conta do árbitro, que anulou dois gols legítimos do time:

– Na minha visão, toda a análise da partida fica, no mínimo, relativizada. A arbitragem interferiu diretamente no resultado. Foi desastrosa. Tivemos dois gols legítimos mal anulados e isso muda tudo. Poderíamos até ter matado o jogo. Se isso tivesse acontecido e tivéssemos vencido o jogo com esses gols, ninguém estaria aqui falando sobre o trabalho do Luxemburgo.
O diretor executivo também comentou que Luxemburgo tem a confiança da diretoria, assim como do Presidente Fábio Koff para seguir o seu trabalho:
– A nossa segurança no técnico é construída no dia a dia, no nosso convívio, que também é um convívio de cobrança. Ele tem totais condições para exercer a atividade dele e  sabe da nossa confiança, da confiança do (presidente) Fábio Koff. Estamos chateados, é claro, ninguém está feliz. Mas sabemos também que o trabalho está sendo feito.


Veja também