“Ronaldinho não vem por dinheiro, vem por objetivo”

26 de dezembro de 2010 - Às 16:16
O Grêmio ainda espera o acordo e a resposta do Milan, já que a conversa com Ronaldinho já se encerrou. Mas acabou muito bem, está tudo certo entre clube e jogador. Agora, o Tricolor oferece contrato de quatro anos para ele buscar o retorno à seleção brasileira na Copa de 2014.

O presidente do Grêmio, Paulo Odone falou que se Ronaldinho voltar, não será por dinheiro, e sim por reconciliação com o clube e tentativa de ser melhor visto por Mano Menezes, e consequentemente, voltar a seleção brasileira.

Odone falou:

– As tratativas feitas com o Ronaldinho e com o Assis estão bem encaminhadas. Agora ficou de eles tratarem com o Milan. Em princípio está acertado o valor dos salários e os quatro anos de contrato. O Ronaldinho quer voltar a trabalhar no Brasil para voltar à Seleção Brasileira. Tenho conversado diretamente com o Assis sempre – disse Odone.
Com o contrato de quatro anos e a motivação do jogador, o clube leva muita vantagem entre os demais na busca pelo meia.

Odone:
– Ronaldinho tem contrato até junho com o Milan. E a partir de janeiro pode assinar pré-contrato. Como o Milan vai tratar essa liberação, isso é com o Assis. Ele não quer mais ficar na Europa, ele quer voltar para o Brasil, ele quer a Seleção Brasileira.


Veja também