Em um momento crítico da pandemia em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul, a cidade irá receber o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil contra o Palmeiras no próximo domingo (28). Sabendo das possíveis aglomerações que a partida pode ocasionar, o presidente do Grêmio Romildo Bolzan fez um apelo para os torcedores gremistas nesta sexta-feira, através das redes sociais do clube.

— Venho conversar com a torcida do Grêmio nesse momento de dificuldades que Porto Alegre vive, o Brasil vive, o mundo vive, que exige de nós comportamentos muito mais solidários com os outros. O Grêmio tem um evento extremamente importante, esse evento é a final da Copa do Brasil, a última coisa que desejamos é que esse evento se torne em tragédia, do ponto de vista sanitário. Por isso, estamos pedindo para todos os gremistas para fazerem a festa em casa, não se aglomerem, não saiam na rua, façam aquilo que seja uma boa convivência, de torcer, que preserve a vida, vamos fazer desse momento uma celebração, de alegria, mas fazer também um momento de solidariedade à vida — disse.

Ainda que a prefeitura da Capital e o governo do Estado tenham solicitado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) uma mudança de horário das 16h para 20h, a entidade não aceitou o pedido. Mas as tentativas para a alteração prosseguem.

Conforme a assessoria de imprensa do governador Eduardo Leite, “o problema não é o jogo, mas as aglomerações que pode causar, tanto neste domingo quanto no próximo”. O segundo confronto da final está marcado para o próximo dia 7, às 18h, no Allianz Parque, e pode ser o dia do hexacampeonato gremista na Copa do Brasil.



Veja também