Romildo diz que vitória é única opção para o Grêmio contra o Guaraní

Presidente ressaltou que Tricolor não tem direito a "vacilo" na Arena

26 de abril de 2017 - Às 19:53
Foto: Lucas Uebel / Divulgação

Vencer ou vencer, esse foi o lema defendido pelo presidente Romildo Bolzan Jr. para o compromisso do Grêmio contra o Guaraní, do Paraguai, nesta quinta-feira na Arena. Em entrevista após o treino desta quarta, o mandatário tricolor ressaltou a necessidade de o clube confirmar o 100% de aproveitamento em casa para não correr riscos na Libertadores da América. Ele alertou que o Tricolor não tem o direito de vacilar diante dos paraguaios.

“Nos jogos em casa não existe possibilidade de vacilo. Em casa você tem que vencer. O Grêmio tem duas partidas em casa e precisa vencer para garantir o primeiro lugar da chave e uma boa classificação geral. O Grêmio não tem duas opções aqui amanhã: vence ou vence. O Grêmio precisa confirmar boa campanha na Libertadores e a vitória amanhã é fundamental”, reiterou o presidente.

Romildo ainda defendeu que o clube precisa considerar o fracasso no Campeonato Gaúcho como página virada. “O que passou, passou. Foi decepcionante para todos, direção, comissão técnica, jogadores e torcida, mas não temos que remoer isso. Passou. A conversa foi absolutamente tranquila. Os jogadores e comissão técnica estão afinados sobre os propósitos do clube”, completou.

Grêmio e Guaraní se enfrentam nesta quinta-feira, a partir das 21h45min, na Arena. Os dois times lideram o Grupo 8 da Libertadores, com sete pontos. O Tricolor leva vantagem no saldo de gols.



Veja também