Foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

A vitória do Grêmio por 2 a 0 diante do Ypiranga, na tarde deste sábado, pela última rodada da primeira fase do Gauchão, foi de esclarecimento para Roger Machado. Jogando em casa, o treinador repetiu a dupla de volantes da sua estreia e viu um time mais leve no meio-campo e mais “equilibrado”.

Depois da derrota no Gre-Nal do meio de semana, o Tricolor começa a recuperar o moral da equipe vencendo o melhor time do Gauchão até o momento. Para isso, foram necessárias modificações. Roger abriu mão de Thiago Santos e optou por Villasanti e Bitello na abertura do meio-campo.

Mais à frente, Campaz completou o setor, com Gabriel Silva na vaga de Rildo pelo lado esquerdo do ataque. Segundo o próprio técnico, as mudanças foram em busca de maior equilíbrio.

– As modificações são sempre pela busca do equilíbrio. Defender bem não significa se defender no seu campo, mas também pressionar o adversário, que tem a chance de retomar a bola no campo dele. Então é isso, o equilíbrio. As alterações foram para buscar o equilíbrio entre defender e atacar – explicou o treinador.

Campaz abriu o placar no primeiro tempo com um gol olímpico. No segundo, Bitello, que voltou ao time titular no lugar de Thiago Santos, chegou no ataque e marcou o dele com um chute de fora da área.

A opção pelos jovens no meio, segundo Roger, deu ao time uma leveza maior. A resposta dos atacantes ao marcar a saída de bola do adversário agradou ao comandante, que indicou uma possível repetição na semifinal.

– A opção para colocar um time mais leve foi para ter jogadores que conseguem reter a bola pela técnica e que a gente não devolvesse tanto para o adversário. Mas é uma conta simples. No mesmo momento que preciso de jogadores que não têm tanta característica de marcação, preciso que eles nos ajudem na defesa – disse Roger.

Por um gol, o Grêmio não conseguiu passar o Ypiranga e terminar em primeiro lugar na tabela. Isso significa que mais dois Gre-Nais vêm pela frente na semifinal da competição. Por terminar na frente do rival, o Tricolor tem a vantagem de decidir em casa. Os jogos estão marcados para os próximos finais de semana.



Veja também