Roger reconhece superioridade do Rosário: “nos envolveu”

Treinador lamentou terceira eliminação no ano

5 de maio de 2016 - Às 22:10
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O técnico Roger Machado reconheceu a superioridade do Rosário Central na disputa das Oitavas de final com o Grêmio. Para o técnico, o gol do time argentino logo no início, desestabilizou a equipe:

“(O gol) desestruturou emocionalmente nosso time. A partir desse momento, o adversário que já tinha uma vantagem a tornou maior”, avaliou.

Roger admitiu a dificuldade do time em encaixar o jogo diante dos argentinos:

“O adversário se mostrou nos dois jogos superior e conseguiu amarrar nosso jogo”, comentou o treinador. “Assim conseguiu nos derrotar por um placar que até então, na Libertadores, não tínhamos sofrido.”

O treinador também diz não ter visto falta de comprometimento:

“Não vi apatia, mas a diferença que o adversário impôs, assim como em Porto Alegre, abrindo o placar logo cedo e nos obrigando a buscar um resultado maior”, definiu. “A qualidade nos envolveu e não nos permitiu procurar nosso gol e recuperar a desvantagem”, explicou Roger.

“Uma eliminação dessas dói, é pesada. Foi a nossa terceira eliminação no ano”, lamentou. O técnico frisou, entretanto, que a recuperação precisa ser breve. “Entramos no mês que começa o Brasileirão e precisamos remobilizar”, projetou. “A frustração é grande, mas tão grande quanto é a necessidade de poder de indignação que temos que ter para fazer do Brasileiro e da Copa do Brasil um resgate para conquistar títulos”, afirmou o comandante gremista. “Temos condições de dar as sonhadas conquistas do torcedor.”



Veja também