Roger lamenta chances perdidas, cita erro do árbitro e afirma confiança em Bressan

Tricolor conheceu sua primeira derrota na Arena neste Brasileirão

23 de junho de 2016 - Às 22:18
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

Nada deu certo para o Grêmio nesta quinta-feira. Falha de pontaria e erro da arbitragem foram os problemas do Tricolor na partida que acabou derrotado pelo Vitória por 2 a 1. O técnico Roger absolveu Bressan, lamentou as chances perdidas mas citou que o erro do árbitro foi primordial para o tropeço:

– O Bressan tem a minha confiança. É evidente que a gente pensa a respeito. O torcedor, no seu direito, eu acho que deveria apoiar. Se entende que deve vaiar, faz com que em alguns momentos o próprio atleta tenha insegurança de jogar. Como disse na véspera, na coletiva, gostaria que não houvesse. A gente tem que considerar o erro do árbitro, que o expulsou. Se não foi pênalti, não seria expulso. Não pode deixar isso de fora. Jogador é elogiado e criticado. Faz parte. Entra para fazer seu melhor. Tem seus serviços prestados – ressaltou Roger.

Apesar do erro do árbitro, o Grêmio pressionou na etapa final e poderia ter ao menos empatado. O último lance de Luan foi de lamentar.

– A gente iniciou o jogo bem, criamos, poderíamos ter saído na frente. Seria outro jogo, porque o Vitória veio para contra-atacar. Quando conseguiu o gol, reforçou a estratégia. Hoje criamos mais, e nossa eficiência não foi alta. O que prejudicou foi o jogo, com os eventos, a penalidade, prometi que não ia falar a respeito disso, choro de perdedor, mas é o terceiro contra o Grêmio em três partidas seguidas. No segundo tempo, mesmo com um a menos, mostramos poder de reação. O lance definitivo esteve no pé do Luan, e ele desperdiçou. Faz parte. Vamos buscar os pontos fora – pondera Roger.

No domingo, o Grêmio visita o Atlético-PR às 16h.



Veja também