Roger explica derrota com falhas na bola aérea: “faltou concentração”

Tricolor acabou sofrendo dois gols na bola aérea na derrota por 4 a 2 para o Sport

17 de julho de 2016 - Às 21:26
Foto: Pablo Kennedy
Foto: Pablo Kennedy

A jogada aérea novamente foi o ponto fraco do Grêmio em uma partida na temporada. O técnico Roger Machado, após a derrota para o Sport, citou que a falta de concentração neste tipo de jogada foi o motivo da derrota:

– Temos que analisar o contexto como um todo. Os quatro gols não mostram superioridade do adversário. Levamos o segundo gol na bola parada, mais uma vez faltou concentração. A gente foca bastante, treina, mas na área tem vários eventos acontecendo. No segundo tempo, tivemos a bola parada ao nosso lado, mas depois tivemos um novo período de desconcentração, e o adversário fez o terceiro gol – explicou o treinador.

Roger foi questionado quanto as alterações que fez quando a partida ainda estava 2 a 2 e não comentou sobre a ausência de Bolaños:

– Não vou lamentar ausências. Nosso time veio forte para buscar um resultado importante, e estávamos levando um ponto para casa em determinado momento. A entrada do Ramiro não foi por ausência de um meia (como opção), pois o Jaílson estava desgastado, e eu queria aumentar a força de retenção. A gente imaginava que o Sport ia se soltar mais. O Pedro era para ter velocidade e contra-atacar. Foi um jogo de altos e baixos, e nos nossos baixos o adversário se aproveitou.



Veja também