O Grêmio perdeu por 2 a 0 para o CRB na noite deste sábado no Estádio Rei Pelé. Os dois gols do jogo foram do goleiro Diogo Silva, em cobranças de pênalti. O técnico Roger Machado reconheceu que o rendimento ficou muito abaixo do esperado e afirmou que precisa “tirar lições” do jogo feito em Maceió que marcou o fim da invencibilidade de 17 partidas. Isso tudo com um jogador a mais em campo desde o meio do primeiro tempo.

Com o resultado, o Tricolor caiu para a terceira posição, embora tenha a mesma pontuação do Bahia. O rendimento foi considerado “para se esquecer” no sentido de não ser repetido. Mas Roger também apontou que é necessário aprender com os diversos erros cometidos na noite deste sábado.

É uma noite pra se esquecer pela atuação, mas para tirar muitos ensinamentos. É duro perder uma invencibilidade de 17 jogos desta forma.

— Roger Machado

– Adversário se defendeu muito bem, colocou linha de seis para marcar e nos faltou competência para conseguir furar o bloqueio. Tivemos a bola mas fomos pouco contundentes. No primeiro tempo talvez fomos mais contundente que no segundo, com as substituições. Foi um jogo ruim. Tiramos pouca coisa. Ou melhor. Podemos tirar muitas lições da partida – justificou o técnico.

Roger Machado em derrota do Grêmio para o CRB — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Roger Machado em derrota do Grêmio para o CRB — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio recebe o Cruzeiro no próximo domingo, dia 21. A bola rola na Arena, em Porto Alegre, a partir das 16h, pela 25ª rodada da Série B. O Tricolor é terceiro colocado, com 43 pontos.



Veja também