Roger cita azar em sorteios e alerta para dificuldade com gramado sintético

Tricolor encara o Atlético-PR nas Oitavas de final da Copa do Brasil

3 de agosto de 2016 - Às 12:07
Foto: Guilherme Testa
Foto: Guilherme Testa

O Grêmio já conhece seu adversário nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Atlético-PR foi considerado um adversário difícil pelo presidente Romildo Bolzan e o técnico Roger seguiu a mesma linha de raciocínio dizendo que o Tricolor não tem tido sorte em sorteios e que o gramado sintético será mais um dificultador:

“O Grêmio não tem tido sorte nos sorteios recentemente. Temos sempre enfrentados times fortes. O Atlético-PR é um time que enfrentamos recentemente e que vem muito bem com o Paulo Autuori. O fator do campo sintético também favorece o adversário, que está acostumado a jogar lá”, avaliou Roger

O foco, no entanto, é no Brasileirão até que a data do jogo chegue:

“Será um confronto entre clubes grandes que estarão com foco total no momento do confronto. Agora temos que pensar nos jogos do Brasileirão que teremos até lá”, afirmou.

O jogo de ida ocorre em Curitiba e o jogo de volta na Arena. Datas e horários ainda serão confirmados pela CBF.



Veja também