O técnico Roger Machado destacou a torcida do Grêmio como fundamental para construir a vitória por 5 a 1 sobre o Operário, na Arena. A goleada na noite desta terça-feira, pela 23ª rodada da Série B, teve gols de Campaz, Diego Souza, Biel e Elkeson e Reniê, contra, e teve momentos de complicação no primeiro tempo.

Apesar do resultado com larga vantagem, o início de partida foi com chances de gol para o Operário e de um Grêmio instável, como admitiu o treinador. No entanto, na visão de Roger, o apoio da torcida foi essencial neste ponto.

– O placar como esse é sempre justo, mas construímos em 60 minutos, os primeiros momentos do jogo foram de certa instabilidade e entrou em campo algo que sempre consideramos muito importante. Nosso torcedor que nos fez voltar pro jogo. Quando percebeu relativa dificuldade, adversário tinha finalizado três ou quatro bolas, o torcedor entrou em campo de fato e transformou a baixa energia em entusiamo – destacou Roger.

Roger Machado, técnico do Grêmio — Foto: João Victor Teixeira

Roger Machado, técnico do Grêmio — Foto: João Victor Teixeira

O público na Arena foi de pouco mais de 11 mil torcedores, próximo da projeção do clube considerando o horário e o clima frio e chuvoso na noite desta terça em Porto Alegre. Ainda assim, Roger reiterou o fator para a construção da goleada.

– A partir do torcedor ter abraçado nosso time, ter vibrado bastante, conseguimos voltar para o jogo e o resultado foi isso, um placar elástico, construído com imposição técnica e física. Muito bom, demonstra a maturidade do time – disse o treinador.

O resultado coloca o Grêmio na vice-liderança da Série B, com 43 pontos, a ser confirmado com um tropeço do Bahia. O próximo compromisso da equipe é contra o CRB, no Estádio Rei Pelé. A partida acontece no sábado, às 20h30, pela 24ª rodada.



Veja também