Roger acredita em semi “recuperável” para o Grêmio diante do Juventude

Técnico criticou proximidade das duas partidas mas ainda acredita em classificação

22 de abril de 2016 - Às 07:32

O revés sofrido pelo Grêmio nesta quinta no Alfredo Jaconi por 2 a 0, além de acabar com a invencibilidade da equipe de 13 jogos, obriga que o Tricolor tenha que vencer por três gols de diferença na Arena na partida de volta.

Nesta mesma noite, o Tricolor conheceu seu adversário na Libertadores, mas o técnico Roger preferiu falar do jogo em si e acredita que o resultado possa ser revertido na Arena:

– O adversário da Libertadores está definido, mas semana que vem falamos. Importante é falar do jogo, do resultado de derrota, mas que no segundo jogo é recuperável, com a força da nossa torcida. Foi um jogo decidido em duas bolas paradas. O Juventude nos marcou e tentou contra-atacar. Nas bolas paradas, entrou, e a gente sai derrotado. Domingo, podemos comemorar a classificação, reverter jogando em casa – avaliou Roger.

O técnico também críticou a proximidade da partida com Toluca, já que encarou o Juventude menos de 48h depois de ter jogado diante dos mexicanos:

– Não sei se tenho a necessidade de explicar, com um jogo em menos de 48 horas do outro. Esse questionamento deveria ser feito para outras pessoas, que organizaram o campeonato desta forma. Era o que tinha que ser feito, com pouco tempo de recuperação. Sem ter os jogadores descansados, foi a opção que encontramos para ter um time competitivo dentro de campo – completou o treinador.



Veja também