Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A semana se desenha com contornos decisivos para o lateral-direito Rodrigo Ferreira decolar no Grêmio. No que o próprio define como “auge” da carreira, ele ganhará oportunidade de ser titular e provar que pode “não sair mais” do clube.

A frase foi feita por Rodrigo na primeira entrevista como jogador do Grêmio. Aos 27 anos, está na principal equipe em sua trajetória e não pretende tomar outro rumo tão cedo. Revelou inclusive uma conversa com a esposa sobre esse assunto.

O atual momento dá a Rodrigo a primeira chance como titular. Edilson teve diagnosticada lesão muscular após sair com poucos minutos em campo na vitória sobre o Guarani, na última quinta. O lateral buscado no Mirassol já entrou naquela partida e atuou até o fim.

Estava comentando com a minha esposa: “não quero sair mais do Grêmio”. Tem que dar a vida aqui para conseguir o acesso, para ser campeão. Quero fazer história, ser vencedor e seguir por muitos anos.

Assim irá se manter até o duelo com o CRB, no sábado, já que a previsão é que Edilson fique fora por pelo menos 10 dias, a contar da última sexta. Rodrigo também pode seguir no time contra o Cruzeiro, em 8 de maio.

A favor do jogador, conta a experiência. O lateral-direito já atuou na Série B. Em 2020, pelo Brasil de Pelotas, jogou 29 partidas, 18 como titular, e anotou um gol. Conhece as características e dificuldades que irá enfrentar, embora agora do lado com mais responsabilidade de criar.

Um jogo mais físico, de imposição, que pega time que entrega a bola e tem que propor o jogo inteiro. Campos ruins, tem que ter essas características, mas não abdicando do peso da camisa do Grêmio, que vai entrar para vencer – detalhou Rodrigo há pouco menos de um mês.

Na vitória sobre o Guarani, Rodrigo cedeu duas oportunidades de finalização aos adversários, mas apareceu na frente em dois momentos com cruzamentos. Teve um desarme, 19 passes completos e nove incompletos.

O Grêmio ainda treina nesta terça-feira antes do duelo com o Operário, na quarta, às 19h. A delegação chegou ao Paraná na noite de segunda.



Veja também