Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação

Os últimos jogos da Série B podem garantir a permanência do lateral-direito Rodrigo Ferreira por mais tempo no Grêmio. Emprestado pelo Mirassol até o fim de 2022, o jogador tem uma cláusula obrigatória de compra por parte do Tricolor prevista em contrato. Para ativá-la, o atleta deve atuar por 45 minutos em 25 jogos da temporada atual.

Até o momento, o lateral atingiu a minutagem em 15 jogos na Série B. Restam 14 para o clube na competição. Se jogar o tempo estipulado em mais 10 delas, acionará o gatilho contratual.

Trazido em março deste ano, após enfrentar o Grêmio pelo Mirassol, na Copa do Brasil, o lateral-direito fez sua estreia diante do Guarani, na segunda rodada da Série B. Somente contra o Ituano o atleta não conseguiu atingir os 45 minutos da meta. Na partida, sentiu dores musculares e foi substituído ainda aos 20 minutos da primeira etapa.

Até o momento, Rodrigo tem se estabelecido como titular da lateral-direita sob comando do técnico Roger Machado. Edílson, que foi buscado para ser o dono da função, tem sofrido com lesões e não consegue ter regularidade.

Contra o Cruzeiro, no domingo (21), o camisa 33 deve estar à disposição após se recuperar de nova lesão muscular, mas começando no banco de reservas.



Veja também