Vinícius Costa/BP Filmes

Se o Gre-Nal fosse dividido em dois jogos, o Inter seria o vencedor do primeiro e o Grêmio, do segundo. Foi assim que o técnico Renato Gaúcho definiu o clássico 421 neste sábado, após o empate por 1 a 1, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Após sair atrás no placar com um gol contra de Paulo Miranda, o Tricolor buscou o empate com Luan na etapa final e arrancou a igualdade no Beira-Rio. Um ponto fora de casa bastante valorizado pelo treinador, mas que poderiam ser três se, segundo o comandante, o time tivesse mais tranquilidade.

Renato acredita que o Grêmio controlou as iniciativas na maior parte do jogo. Mesmo após um começo mais impetuoso do Inter, a equipe não se desesperou e soube buscar o empate sem fugir de suas características. O que faltou, para o treinador, foi um cuidado maior de Everton na conclusão de um lance de ataque nos minutos finais

– O jogo foi de dois tempos. O Inter esteve um pouco melhor no primeiro. No segundo, o Grêmio esteve melhor. Conseguimos o gol de empate, criamos uma coisa a mais. Se tivesse mais uns minutos, tínhamos chance de chegar à vitória – avaliou.

O insucesso na tentativa de virar o placar de forma alguma tirou o sorriso do rosto do técnico gremista. Renato celebra a recuperação de alguns jogadores e o crescimento de algumas peças, como Diego Tardelli e Luan, o autor do gol de empate, para o restante da temporada.

O único lance que tirou a tranquilidade de Renato aconteceu já nos acréscimos. Após uma trombada entre Rômulo e Edenílson, os jogadores se encararam e exigiram a intervenção dos companheiros e do árbitro Anderson Daronco para encerrar a discussão. Do lado de fora, Renato e Odair também discutiram fora da área técnica e precisaram ser repreendidos pelo quarto árbitro.

– Gre-Nal é assim mesmo. Foi uma discussão normal – minimizou Renato. – Acho até que foi devagar em se tratando de Gre-Nal. Ainda bem. Temos que destacar o resultado fora de casa, que é muito bom. Nos últimos quatro jogos, ganhamos 10 pontos. Estamos melhorando na competição. E parabéns ao Daronco, que estava muito bem com seus assistentes. Pelo que aconteceu, ficou de bom tamanho – completou.

O Grêmio fica na 10ª posição com 15 pontos. Pelo menos até domingo, quando prossegue a 11ª rodada. Enquanto aguarda o complemento das partidas, o grupo se reapresenta e já treina às 10h no CT Luiz Carvalho. Na quinta-feira, às 21h30, o Tricolor recebe o Libertad, na Arena, pelas oitavas de final da Libertadores. Pelo Brasileirão, volta a campo somente na outra segunda-feira (29), contra o CSA, no Rei Pelé, às 20h.



Veja também